Kid Abelha — Eletricidade song lyrics and translation

The page contains the lyrics and English translation of the song "Eletricidade" by Kid Abelha.

Lyrics

Ela não presta e não quer prestar
Chega no auge da festa
Ela anda nua como anda num bar
Por toda a casa, e quer rua
Eu sou quem fica até tarde
Ela é o verbo da vontade
E nem espera o sinal fechar
Pula de um truque pro outro
E dá as cartas e ri do futuro
Ela é maldade em estado puro
Eu sou o guarda-noturno, yeh
Distraído olhando a lua
Ela é um barco sem rumo
Mas tem resposta pra tudo
Eletricidade
Ela se devora
Eletricidade
Uma natureza nova
Eletricidade
Ela é a cidade
Ela não demora
Uma natureza nova
E nem pergunta se eu vou voltar
Me deixa em total liberdade
Eu não pergunto se ela vai amar
As quatro da madrugada
Eu sou o guarda-noturno, yeh
Distraído olhando a lua
Ela é um barco sem rumo
Mas tem resposta pra tudo
Eletricidade
Ela se devora
Eletricidade
Uma natureza nova
Eletricidade
Ela é a cidade
Ela não demora
Uma natureza nova
Eletricidade
Ela me comove
É a luz da invenção do homem
Com o corpo, com o nome
Eletricidade
Eletricidade
Ela se devora
Eletricidade

Lyrics translation

She does not lend and does not want to lend
Arrive at the height of the party
She walks naked like she walks in a bar
All over the house, and want Street
I'm the one who stays late
She is the word of the will
And does not even wait for the signal to close
Jump from one trick to another
And give the cards and laugh of the future
She is evil in pure form
I'm the night watchman, yeh
Distracted looking at the moon
She's an aimless boat
But there is an answer to everything
Electricity
She devours herself
Electricity
A new nature
Electricity
She is the city
She does not delay
A new nature
And don't even ask if I'm coming back
Leaves me in complete freedom
I do not ask if she will love
Four o'clock in the morning
I'm the night watchman, yeh
Distracted looking at the moon
She's an aimless boat
But there is an answer to everything
Electricity
She devours herself
Electricity
A new nature
Electricity
She is the city
She does not delay
A new nature
Electricity
She moves me
It is the light of man's invention
With the body, with the name
Electricity
Electricity
She devours herself
Electricity